(11) 5851-8949 fateczs.diretoria@centropaulasouza.sp.gov.br

Começa a Jornada de Tecnologias da Fatec Zona Sul

e-fateczonasul.org Blog, Últimas notícias Começa a Jornada de Tecnologias da Fatec Zona Sul
Começa a Jornada de Tecnologias da Fatec Zona Sul

Blog Últimas notícias

Começa a Jornada de Tecnologias da Fatec Zona Sul

Posted By Fatec Zona Sul

Ocorreu na manhã de terça-feira, dia 03 de novembro, a abertura do evento ‘Jornada de Tecnologias da Fatec Zona Sul’, dando início a uma semana de palestras e  workshops voltados para os cursos de  Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Logística e Gestão Empresarial.
O nosso primeiro palestrante foi  Wandecok Cavalcanti, um reconhecido artista barroco brasileiro que aos nove anos descobriu seu espírito empreendedor, quando recebeu de seu avô R$ 4,00 que utilizou na compra de doces para revender.

Aos quinze anos, mudou-se para a cidade de Tracunhaém (PE), e com dezoito acabou encontrando no barro a sua arte, desenvolvendo de forma autodidata seu talento para ser escultor, junto a sua convivência com outros ceramistas locais.
Wandecok se formou em tecnólogo de cerâmica, e hoje se consagrou como principal Santeiro do Brasil em cerâmica, sendo criador de mais de duas mil obras ao longo de toda carreira, tendo 47 de suas obras expostas em museus brasileiros e 16 delas em museus internacionais.
No ano de 2016 Wandecok será homenageado pelo Governo do estado de Pernambuco com a construção de um memorial em sua cidade natal, além de ter sua biografia escrita.

  Nossa segunda Palestra foi realizada pelo convidado Marlon Luiz Clasen Murano, professor e executivo de publicidade. Marlon possui  graduação em ciências econômicas e administração, além de doutorado e mestrado em comunicação e letras, todos pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Hoje é Sócio–Fundador da LEMON Comunicação, uma importante empresa de propaganda.

  Marlon falou sobre empreendedorismo e citou as cinco características para ser criativo, sendo elas: fluência verbal, fluência de ideias, fluência expressiva, originalidade e detalhismo, dando exemplos dessas características e destacando como é importante saber falar bem a linguagem do público alvo, ainda que não sejam aplicada as melhores técnicas ou os melhores recursos, quando o público se identifica com a mensagem, você ganha o que realmente importa.

  Também frisou que a criatividade deve ser estimulada e que não é necessário que isso seja realizado com atividades sofisticas como a leitura de grandes autores literários, para ganhar o gosto por literatura, por exemplo. O importante é ter um começo, mesmo que seja com um autor considerado “pobre” em sua técnica de escrita, começar a conhecer é a chave para que o crescimento seja possível.

  Destacou que somos criativos ainda que imaginemos o contrário, e que o que muitas vezes acontece é que esta criatividade não é estimulada para que assim seja desenvolvida. É preciso treinar a cada dia utilizando todas as informações que temos em nosso campo de conhecimento, quanto mais informações tivermos mais estímulos teremos para sermos criativos.

Tagged , , , ,

Written by Fatec Zona Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *